Violência na Euro: 323 prisões e 11 condenados nos primeiros quatro dias

O Ministério do Interior da França divulgou a sua primeira avaliação sobre os incidentes que ocorreram na Eurocopa durante os quatro primeiros dias da competição, a primeira rodada. Foram 323 detidos. Deste total, 196 ainda estão sob custódia polícial e 11 já foram condenados (três russos apresentaram recursos que serão julgados até a próxima sexta-feira).

Entre os que estão sob custódia aparece o nome de Chpryguine Alexander, presidente da Associação dos torcedores russos. Alexander, por não ter sido filmado nas brigas que ocorreram entre russos e ingleses em Marselha no sábado passado, não corre risco de ser condenado de dois a cinco meses de prisão em regime fechado. Porém, juntamente com outras 24 pessoas, será deportado nos próximos dias.

Os deportados, além de multas que variam de acordo com a gravidade das ações, serão proibidos de voltarem à França num período que vai de dois a três anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos