Mou veta Giggs como auxiliar e galês deve deixar United após 26 anos

O Manchester United pode quebrar um casamento de 26 anos com Ryan Giggs. Segundo o "The Times", o técnico José Mourinho vetou a permanência do galês como auxiliar técnico, função que o ex-jogador do clube ocupou por duas temporadas, durante a passagem de Van Gaal pelos Red Devils.

De acordo com o jornal inglês, Mourinho não teria confiança plena em Giggs para mantê-lo em sua comissão técnica, apontando Rui Faria como seu parceiro ideal. O comandante ainda consideraria que o galês deixou a desejar quando o Manchester United estava mal na temporada passada.

Giggs esteve cotado para suceder Van Gaal no comando do clube. No entanto, a diretoria optou por um nome mais experiente e escolheu José Mourinho. A decisão teria deixado o ex-jogador decepcionado. A saída dele dos Red Devils já vinha sindo considerada e pode se tornar realidade após a decisão do técnico português.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos