UFC está perto de ser vendido por cerca de R$ 14,2 bilhões, diz site

Após Dana White negar, a possibilidade de venda do Ultimate vai se concretizando, conforme apurou a "ESPN" americana. Seriam dois conglomerados de investimentos - 'WME-IMG' e o 'Dalian Wanda Group' - e a multinacional 'China Media Capital', que segundo o site fizeram uma oferta de cerca de R$ 14.2 bilhões.

A empresa 'Zuffa', fundada pelos irmãos Lorenzo e Frank Fertitta, é dona de 80% da organização americana, enquanto a companhia 'Abu Dhabi's Flash Entertainment', comprou 10% da organização em 2010. E o presidente do Ultimate, Dana White, também tem uma pequena porcentagem.

Adquirido em 2001 pela Zuffa, por cerca de R$ 10 milhões, o UFC nasceu em 1993 quando um torneio com oito competidores foi criado por Rorion Gracie, em eventos sem regras, que visavam promover duelos entre diferentes artes marciais.

Logo, a organização foi comprando seus concorrentes, como Pride e Strikeforce e monopolizando o mercado de MMA. Ainda não se sabe quem será mantido na empresa e quem sairá caso a venda se concretize.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos