COI apoia banimento da Rússia do atletismo da Olimpíada do Rio

Em nota oficial divulgada na manhã deste sábado, o Comitê Olímpico Internacional (COI) demonstrou seu apoio à decisão da Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf) em proibir a Rússia de disputar as provas de atletismo nos Jogos Olímpicos Rio-2016.

No texto, a entidade que rege o movimento olímpico no planeta disse que a determinação está alinhada com sua política de tolerância zero no combate ao doping.

"O Comitê Olímpico Internacional (COI) saúda e apoia a forte posição da Iaaf contra o doping. Isto está alinhado à política de longa data de tolerância zero por parte do COI. (...) O Conselho Executivo do COI , em uma conferência telefônica hoje (sábado), enfatizou que respeita plenamente a posição da IAAF. A elegibilidade de atletas em qualquer competição internacional, incluindo os Jogos Olímpicos, é uma questão para as respectivas federações Internacionais", escreveu o COI, na nota.

Na sexta-feira, a Iaaf anunciou a decisão de vetar a Rússia nas provas olímpicas de atletismo após o país não se adequar às exigências da associação na luta contra as práticas de uso de substâncias ilegais. Os russos já estavam proibidos de disputar competições internacionais no atletismo desde novembro, e seguirão banidos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos