Com sabor de 'Vinotinto'! Argentina goleia e segue na Copa América

O vinho tinto foi degustado com requintes de futebol pela torcida da Argentina neste sábado. Contando com a qualidade habitual de Messi e com um Higuaín que "desencantou", a equipe de Tata Martino não teve dificuldades para atropelar a Venezuela por 4 a 1, no Gillette Stadium, e se classificar às semifinais da Copa América Centenário. Agora, os albicelestes enfrentarão o país-sede Estados Unidos, na próxima terça-feira.

HIGUAÍN BRILHA, E SEIJAS SE APAGA NA ETAPA INICIAL

Contando com um Messi que aliava ímpeto ao repertório de seu futebol, a Argentina buscou impor seu ritmo diante da Venezuela. O camisa 10 tentou, foi caçado, deixou marcadores para trás desde o início, mas conseguiu começar a traçar o caminho rumo à semifinal.

Da direita, Messi lançou na medida para Higuaín, que bateu com precisão para marcar seu primeiro gol na Copa América Centenário, aos sete. Em desvantagem, a "Vinotinto" tentava ir à frente com Seijas, mas esbarrava em erros e ainda abria brechas na defesa. Em uma delas, os zagueiros e Hernández se embananaram e Messi tocou por cobertura, mas a bola bateu rente à trave.

Mas caberia a um erro venezuelano abrir espaço para o segundo gol de Higuaín: Ángel e Figuera se atrapalharam, e o atacante, sozinho, driblou Hernández e concluiu, aos 27. Porém, os albicelestes esfriaram seus ânimos, e viram a "Vinotinto" assustar, com Rondón e Feltscher exigindo Romero, e Rondón cabeceando bola na trave.

A apreensão "hermana" foi para a marca de cal aos 42 minutos, quando Romero cometeu pênalti em Martínez. Mas a expectativa de reação venezuelana se esvaiu, pois Seijas cobrou com paradinha, e a bola caiu nas mãos de um Romero estático no meio do gol.

COM TRANQUILIDADE, ARGENTINA GARANTE GOLEADA

A Argentina voltou do intervalo com fôlego renovado, e viu Gaitán fazer a zaga se desdobrar logo a um minuto. Os venezuelanos tentavam responder, em investidas de Guerra e de Rondón, mas falhavam no último passe.

Mais segura em campo, a equipe de Tata Martino contou novamente com um delize da "Vinotinto" para Messi ter seu novo momento de consagração. O camisa 10 roubou bola na intermediária e, após tabelar com Gaitán, recebeu passe na área para estufar a rede, aos 14.

Os albicelestes, aos poucos, diminuíram seu ritmo, e viram a Venezuela aproveitar um erro de sua defesa para diminuir o placar. Guerra cruzou da esquerda e Rondón subiu entre os zagueiros para diminuir, aos 24.

Só que a comemoração da Venezuela não durou muito. Um minuto depois, Messi serviu Lamela, que bateu, e viu a bola passar por baixo de Hernández. A Argentina ainda tentou com Messi e Agüero, mas os gritos de "olé" e o sabor de vinho tinto já estavam degustados com refinamento. Agora, que venham os Estados Unidos!

FICHA TÉCNICA

COPA AMÉRICA CENTENÁRIO

ARGENTINA 4x1 VENEZUELA

Data: 18-06-16

Estádio: Gillette Stadium, em Foxboro (EUA)

Árbitro: Roberto García Orozco (MEX)

Assistentes: José Camargo (MEX) e Alberto Morin (MEX)

Cartões amarelos: Gaitán (ARG), Seijas, Ángel, Figuera, Rondón (VEN)

Gol: Higuaín, 7/1T (1-0), Higuaín, 27/1T (2-0), Messi, 14/2T (3-0), Rondón, 24/2T (3-1), Lamela, 25/2T (4-1)

ARGENTINA: Romero; Mercado, Otamendi, Funes Mori e Rojo; Mascherano, Banega (Biglia, 35/2T) e Augusto Fernández; Messi, Higuaín (Agüero, 28/2T) e Gaitán (Lamela, 22/2T). Técnico: Tata Martino

VENEZUELA: Hernández; González, Ángel, Vizcarrondo e Feltscher; Figuera, Rincón (Velázquez, 39/2T), Guerra e Seijas (Juanpi, 9/2T); Rondón e Martínez (Del Valle, 35/2T). Técnico: Rafael Dudamel

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos