Cerrone se indigna com salário pago pelo UFC: 'Não significo m.. nenhuma'

Ex-desafiante dos leves do UFC, Donald Cerrone derrotou Patrick Côté por nocaute técnico, no último sábado (18), no Canadá e ainda levou cerca de R$ 180 mil de bônus por sua performance.

Mas o americano, que é o atleta que mais luta dentro do Ultimate, não pareceu nada satisfeito com a bolsa que lhe foi paga para enfrentar o canadense. Em coletiva de imprensa após o UFC Ottawa, o Caubói não mediu as palavras e disparou contra a organização.

- De acordo com o que eles me pagam, não significo m... nenhuma para o UFC, mas talvez eu converse com o Dana White depois dessa coletiva e vamos ver o que conseguimos - disse Cerrone.

O lutador acumulou a sua segunda vitória consecutiva do lutador na categoria dos meio-médios, após sofrer um nocaute para o brasileiro Rafael dos Anjos, campeão dos pesos-leves, em dezembro do ano passado. O americano agora mira duelos contra Khabib Nurmagomedov ou Nate Diaz, que tem luta marcada contra Conor McGregor em 20 de agosto, nos EUA.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos