Maicon mostra otimismo e avisa: 'Porto sabe que eu quero ficar'

Restam agora dez dias para que o empréstimo do Porto (POR) com o São Paulo termine e Maicon tenha que se despedir. O zagueiro, no entanto, segue confiante que poderá permanecer no Tricolor, ao menos para disputar a semifinal - e uma possível final - da Copa Libertadores da América.

Neste domingo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o defensor atendeu a imprensa e comentou o estágio das negociações entre paulistas e portugueses. O camisa 27 ressaltou o desejo de ficar no clube do Morumbi além do dia 30 de junho, quando termina o vínculo firmado ainda em fevereiro.

"Apesar do curto espaço até o fim do contrato, estou tranquilo. Todo mundo sabe que quero ficar. A diretoria vai fazer o possível. O Porto sabe que eu quero permanecer no São Paulo. Espero que tudo possa se resolver nesses dez dias. Confio que o presidente Leco e o Gustavo (Oliveira, diretor-executivo) cuidarão para que as coisas sejam resolvidas o mais rápido possível" projetou o capitão.

Horas antes da entrevista de Maicon em Brasília, no entanto, o presidente do Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa comentou sobre o caso. Segundo o mandatário, o São Paulo ainda não o procurou para fazer uma proposta, o que o faz esperar pela volta do zagueiro imediatamente após o fim do empréstimo. Na última sexta-feira, o LANCE! informou que Gustavo Oliveira viajará a Portugal nesta semana.

 

- Já li que estiveram aqui para falar com o Porto. Comigo ninguém falou e não corresponde à verdade que tenha havido contatos. Contamos com o Maicon. Se não for para o dia 28 de junho, porque o empréstimo é até 30 de junho, para o dia 1 de julho. Uma coisa é certa: por empréstimo não sairá - declarou Costa, ao Jornal de Notícias.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos