Montanha atinge recorde e faz índice olímpico no lançamento do martelo

Recorde brasileiro, recorde sul-americano e índice para a Olimpíada do Rio 2016. Foram esses feitos que o pernambucano Wagner Domingos, o Montanha, conseguiu neste domingo no Meeting de Celje, na Eslovênia. Com a marca de 78,63 m no lançamento do martelo, ele superou o índice olímpico de 77 metros.

Com isso, o Brasil voltará a ter um representante nos Jogos, o que não acontecia desde que Carmine Di Giorgi disputou a prova em Los Angeles 1932. Montanha ainda quebrou seu próprio recorde, que era 76,12 m, estabelecido no último dia 15, em Zagreb, na Croácia. O atleta estabeleceu novo recorde sul-americano, já que o anterior era 76,42 m e pertencia desde 2006 ao argentino Juan Cerra. Contente com o resultado, Montanha agradeceu a todos que o apoiaram:

- Estou muito feliz pelo recorde e por garantir a participação na Olimpíada, principalmente porque os Jogos serão no Brasil . Mas, quero lembrar que a gente consegue esses feitos com a ajuda de muitas pessoas - disse Miontanha, por telefone, agradecendo também ao "clube (BM&FBovespa), a CBAt, a Caixa, o COB, o Ministério do Esporte, a Aeronáutica.

- Além da minha família, tem o presidente da CBAt (Toninho Fernandes), o Sergio Coutinho Nogueira (dirigente do clube), o Neilton Moura, o Pedro Atílio. E o Vladmir Kevo (treinador), que me apoia quando venho à Europa - acrescentou.

Por fim, Montanha falou sobre seu planejamento e sobre a preparação para a disputa dos Jogos Olímpicos:

- Agora volto ao Brasil no dia 26 e aí vou disputar o Troféu Brasil. Depois quero voltar para cá, para finalizar minha preparação para a Olimpíada - concluiu o atleta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos