Botafogo, Cruzeiro e Flu dividem posto de pior ataque do Brasileiro

Apenas oito gols em nove rodadas. Com este péssimo desempenho ofensivo, Cruzeiro, Fluminense e Botafogo dividem o posto de pior ataque do Brasileiro. A dificuldade em colocar a bola nas redes adversárias refletem na tabela: o time de Levir Culpi ocupa a 11ª posição, já a equipe de Ricardo Gomes está na dentro da zona de rebaixamento, no penúltimo lugar da tabela.

No Campeonato Brasileiro, o Fluminense apenas não marcou gols apenas contra o Palmeiras, derrota por 2 a 0 em São Paulo, e no empate com a Chapecoense em Santa Catarina. Por outro lado, apenas na partida com o Santa Cruz, igualdade em 2 a 2, marcou mais de um gol.

Após nove rodadas, Gustavo Scarpa e Fred, que já está atuando pelo Atlético-MG, são os artilheiro do Fluminense com dois gols cada. Cícero, Gum, Marcos Junior e Magno Alves marcaram os demais gols do Tricolor no Brasileiro.

O ataque do Botafogo, por sua vez, terminou quatro partidas sem marcar. Nas vitórias sobre o América-MG, 3 a 1, e Atlético-PR, foram feitos cinco dos oito gols do Alvinegro no Campeonato Brasileiro.

O artilheiro do Botafogo é o atacante Sassá, que balançou as redes quatro vezes em sete partidas que disputou. Neílton, Fernandes, Leandrinho e Ribamar completam a lista de "goleadores" do clube na competição nacional.

A artilharia do Cruzeiro também está dividida entre dois atletas: Élber e De Arrascaeta, com dois gols cada. Bruno Rodrigo, Riascos, Douglas Coutinho e Alisson foram os outros jogadores celestes a marcar no Campeonato Brasileiro.

Pela ineficiência do setor ofensivo, o time comandado pelo português Paulo Bento ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas oito pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos