Levir comenta rendimento do ataque e pede paciência com Richarlison

  • Mailson Santana/Fluminense FC

    Richarlison atuou como titular diante do Sport

    Richarlison atuou como titular diante do Sport

Não poderia ser diferente. O péssimo desempenho ofensivo do Fluminense no Campeonato Brasileiro está incomodando o técnico Levir Culpi, que admite que o assunto já é discutido internamente no clube das Laranjeiras. Em nove rodadas, o Tricolor só marcou oito gols e divide o posto de pior ataque do campeonato com Botafogo e Cruzeiro.

Para o treinador do Fluminense, a dificuldade em marcar gols não é apenas uma questão individual dos jogadores. Levir Culpi ainda pede paciência com o atacante Richarlison, que vem atuando como titular como centroavante.

"Temos discutido bastante o aproveitamento das oportunidades. O Richarlison é um menino e temos que saber como tratar. É um diamante a ser lapidado. Mas temos outros jogadores, como o Magno, que é um artilheiro e entrou bem na partida (contra o Sport)", declarou Levir, antes de completar:

"Temos situações para mudar de peças. Mas o jogo de hoje (domingo) acabou sendo decidido em uma bola meio espirrada, mas não tem muita queixa não. Fizemos um péssimo primeiro tempo", comentou o técnico do Fluminense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos