Técnico de estrela do atletismo é preso em operação contra doping

A polícia da Espanha prendeu nesta segunda-feira o técnico da etíope Genzebe Dibaba, recordista mundial dos 1.500m, 3.000m e 5.000m no atletismo.

O somali Jama Aden foi detido em Sabadell (ESP), em operação que investiga o tráfico de substâncias dopantes, como EPO (eritropoietina, que ajuda a melhorar o desempenho de atletas).

Além do treinador, de 53 anos, também foi detido um dos seus fisioterapeutas, de origem marroquina. O nome dele não foi divulgado.

A prisão aconteceu três dias depois que a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) manteve a punição aos russos de ficar de fora dos Jogos Olímpicos do Rio por causa dos escândalos de dopagem no país.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos