Uefa multa a Croácia em R$ 385 mil por incidentes da última sexta

A Comissão de Ética e Disciplina da Uefa decidiu multar a Croácia em 100 mil euros pelos incidentes causados por alguns torcedores no empate diante da República Tcheca por 2 a 2, na última sexta-feira, em Saint-Étienne, pela segunda rodada do Grupo D da Eurocopa. A sentença foi divulgada na tarde desta segunda-feira.

Além da multa, a Uefa proibiu a venda de ingressos de jogos da Croácia para pessoas ligadas a algum movimento hoooligan.

O tumulto ocorreu na reta final do segundo tempo, quando rojões foram lançados, acertando inclusive um funcionário do estádio. Em seguida, cerca de 20 baderneiros começaram uma briga com outros torcedores croatas que estavam criticando o lançamento de sinalizadores. A briga somente terminou com a chegada de mais policiais no setor. Durante a confusão, o jogo parou por alguns minutos.

A seleção xadrez foi enquadrada nos seguintes artigos: uso de fogos de artifício; arremesso de objetos em campo; perturbação da ordem pública; e comportamento racista.

A Croácia corre o risco de medidas mais enérgicas caso os distúrbios se repitam nos estádios franceses.

Na defesa, a federação do país alegou que os atos foram praticados por um grupo contrário à entidade e, por isso, Uefa e autoridades franceses e foram avisadas sobre os baderneiros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos