Técnico pede demissão, e Shevchenko é cotado para assumir seleção ucraniana

  • AFP PHOTO/CARL DE SOUZA

Mykhaylo Fomenko, técnico da seleção ucraniana, anunciou nesta terça-feira que deixará o cargo após a partida contra a Polônia, realizada nesta terça-feira. Os ucranianos foram eliminados da  Eurocopa com três derrotas.

A imprensa ucraniana acredita que Andriy Shevchenko deve assumir o comando da seleção. O ex-atacante é auxiliar da seleção e um dos maiores ídolos da história da equipe nacional. Shevchenko se aposentou em 2012 e teve passagens por clubes como Milan e Chelsea.

Fomenko culpou a falta de união dos jogadores pela fraca atuação na Eurocopa. Rivais pelos seus times, Yarmolenko e Stepanenko tiveram problemas durante uma partida do Campeonato Ucraniano pouco antes do início da Eurocopa. Além dos dois jogadores, outros atletas estavam envolvidos. Ambos atuam nos principais times do país, Dyanamo de Kiev e Shakhtar Donetsk.

Fomenko anunciou sua saída ao canal de TV oficial da seleção. "A partida contra a Polônia será minha última como treinador da seleção", disse Mykhaylo Fomenko.

 

 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos