Argentina tem dois desfalques certos para a final da Copa América

A Argentina terá dois desfalques para a final da Copa América, no próximo domingo. Na vitória por 4 a 0 sobre os Estados Unidos nesta terça-feira, que sacramentou a passagem à decisão, os hermanos perderam o atacante Lavezzi, com uma fratura no cotovelo esquerdo, e o volante Augusto Fernández, que teve uma lesão grau 1 na coxa direita.

Quem é dúvida para a grande final é o lateral-esquerdo Rojo, que sofreu uma sobrecarga muscular e foi substituído no segundo tempo por Cuesta. Ele deve ser preservado dos próximos treinos para ver se consegue ficar apto para atuar.

Lavezzi deve ser operado nos próximos dias. Ele se chocou com uma placar de publicidade e caiu por cima do braço esquerdo, sofrendo a fratura no local.

Por outro lado, o técnico Tata Martino deve ter a volta de Di María, que está fora do time deste a vitória diante do Panamá, na segunda rodada. Ele deve disputar a vaga no time titular com Lamela. Gaitán corre por fora. Para o lugar de Augusto Fernández, Biglia deve ganhar uma chance.

- O que acho é que dentro da desgraça que é perder jogadores lesionados, nos foi permitido dar possibilidade e valorizar o desempenho de outros que jogam muito pouco. Por um lado nos dá tristeza ter atletas lesionados e por outro feliz por dar minutos àqueles que não vinham tendo chance. Não sei se cabe dizer que são lesões "injustas", mas há lesões inoportunas como as de Augusto ou a de Lavezzi.

Nesta quarta-feira, Chile e Colômbia se enfrentam, em Nova Jersey, para saber quem enfrenta a Argentina na grande final da Copa América Centenário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos