Dana critica juízes, mas elogia Fedor: 'As pessoas ainda querem vê-lo lutar'

O "namoro" entre Dana White e Fedor Emelianenko é antigo. A organização sempre trabalhou para trazer a lenda russa para o octógono, mas as questões contratuais sempre travaram um acerto entre as partes. Independente de qualquer coisa, o presidente do UFC reconhece o talento e a expressividade do lutador, que venceu Fabio Maldonado em decisão polêmica no EFN 50, no último dia 17 de junho, na Rússia.

Primeiramente, Dana criticou a atuação dos árbitros, entendeu que Fedor chegou a estar apagado em determinado momento da luta e elogiou a garra do russo em suportar o duelo com Maldonado e ainda sair vencedor.

- Eles deixariam que Fedor morresse antes de parar a luta. Mas foi uma comprovação do quanto Fedor é mentalmente forte. Ele estava apagado, literalmente, e voltou... Ele suportou as bombas do Maldonado. Mas vou te dizer: aqueles árbitros estavam dispostos a deixá-lo morrer antes de parar a luta. Fedor tem queixo e é um cara duro - avaliou, antes de elogiar o desempenho da luta de Fedor no Fight Pass, plataforma do UFC.

- Temos negociado por muitos, muitos anos. O Fight Pass (plataforma que transmitiu a luta de Fedor) foi muito bem. As pessoas ainda querem ver Fedor - ponderou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos