Pedro Henrique agradece torcida do Corinthians e revela papo com Cristóvão

Utilizado em apenas três partidas pelo time profissional do Corinthians, o zagueiro Pedro Henrique cometeu uma falha decisiva nesta quarta-feira, quando sua equipe foi derrotada por 2 a 1 pelo Atlético-MG, no Mineirão. Aos 20 anos, o camisa 34 mostrou forte abalo com o erro e deixou o gramado chorando, consolado por companheiros de time e até jogadores do rival, como Fred, Robinho, Dátolo e Cazares. Além do apoio em campo, o jovem zagueiro foi defendido por boa parte da torcida nas redes sociais, e agradeceu o voto de confiança.

"Graças a Deus a torcida compreendeu da melhor maneira possível, viu que não quis errar. Fui tentar um recuo para o Cássio e infelizmente errei, mas agora é bola para frente. O choro foi porque estou desde 15 anos aqui, aprendi a gostar do Corinthians, então quando a gente erra como foi é normal ter aquela tristeza, o sentimento de que podia ter feito melhor. Mas infelizmente aconteceu o erro e agora é levantar a cabeça, trabalhar, melhorar o que tiver que melhorar e pensar em conquistas", disse, à Rádio Globo, o jovem zagueiro do Corinthians.

O Atlético-MG vencia o Corinthians por 1 a 0 quando Pedro Henrique tentou recuar para Cássio, mas deu passe fraco demais e viu Cazares entrar no caminho para tirar do goleiro e anotar o segundo do Galo no Mineirão. Apesar de Lucca ter marcado a favor do Corinthians, o tento não foi suficiente para reverter a desvantagem e evitar a quarta derrota do Timão em dez rodadas do Campeonato Brasileiro.

Após o jogo, Pedro Henrique teve uma conversa individual com o técnico Cristóvão Borges, substituto de Tite, e que estreou pelo Corinthians justamente nesta quarta-feira, com a derrota para o Atlético-MG. O jovem defensor revelou o teor do papo com o novo comandante.

"O Cristóvão deu apoio, disse que eu tenho um futuro brilhante, que é para continuar trabalhando, não se abalar com isso e ter cabeça boa porque sábado tem mais uma batalha. É um grande treinador, conversou com a gente, sim", sentenciou Pedro Henrique.

"Dentro da partida meus companheiros me apoiaram da melhor maneira possível, até Robinho, Fred, Dátolo, Cazares, deram apoio também, mas principalmente o apoio da torcida, que está mandando mensagem de carinho para que eu possa me tornar um grande zagueiro. A gente aprende com nossos erros. Eu errei, refleti ontem (quarta) de noite e vou buscar melhorar nos treinamentos, aprimorar, melhorar e se Deus quiser não cometer mais nenhum erro. Eu sou um privilegiado de estar onde estou, muita gente queria estar aqui e se Deus quiser vou dar volta por cima, tenho o Felipe como exemplo e se Deus quiser vai dar tudo certo", disse o garoto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos