Por sonho de título, Modesto fecha elenco: 'Santos não tem que vender'

Dificilmente Lucas Lima, Gabigol, Thiago Maia e Zeca passam uma semana fora do noticiário devido ao fato estarem na mira de equipes estrangeiras. No entanto, o sonho do Santos em se classificar para a Libertadores ou até mesmo de ser campeão brasileiro tem falado mais alto nos corredores da Vila Belmiro.

Atualmente na 5ª colocação do Brasileirão, o Peixe empolga não só alguns torcedores, como também o presidente Modesto Roma Júnior. Após vencer o Fluminense fora de casa por 4 a 2, o dirigente bateu o pé quando o assunto foi vender jogadores.

- Não. Não quero vender o Lucas Lima porque não, o Santos só tem 10% do Lucas Lima, não adianta, o Santos não quer vender seus jogadores, vai fazer o possível para manter Lucas Lima, Gabriel, Zeca, Thiago... Nós queremos ser campeões brasileiros - disse em entrevista à rádio Globo.

A respeito do caminho inverso, trazer jogadores, Modesto crê que o elenco está pronto para a disputa do Nacional e da Copa do Brasil e destacou que alguns reforços ainda não estrearam.

- Em princípio, o Santos não precisa de mais ninguém, se surgir alguma oportunidade boa, o Santos está aberto, mas em princípio o Santos não vê necessidade. Lógico que se aparece ruma oportunidade de se trazer o Alex, o James Rodriguez, a gente pode até estudar, mas, por enquanto, nós temos alguns jogadores que ainda não estrearam. Copete, Vecchio, Fabián, jogadores que ainda não estrearam, estamos em fase de registro - concluiu.

O meia argentino Vecchio aguarda a divulgação de seu contrato no Boletim Informativo Diário para estrear. Já o atacante colombiano Copete sequer foi apresentado. Outro argentino, o zagueiro Fabián Noguera, chega apenas em julho, quando termina seu contrato com o Banfield.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos