Vitória supera o Grêmio na Arena e se afasta da zona de descenso

O Grêmio tinha 100% de aproveitamento na Arena graças a quatro vitórias em quatro jogos e ainda não havia sofrido nenhum gol diante do seu torcedor. Coube ao Vitória, até então sem nenhum triunfo fora de casa, derrotar o Tricolor por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, em Porto Alegre, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vitória do Leão contra o Grêmio em Porto Alegre pela competição desde 1982. Clique aqui e saiba como foi o lance a lance do duelo na Arena.

A meta de ficar a um ponto do líder Palmeiras não foi alcançada pelo Grêmio, que segue em terceiro na tabela e com 18 pontos. Já o Vitória, que vinha de três jogos sem triunfos, ganhou fôlego na competição. O Leão foi aos 12 pontos, se afastando da zona de rebaixamento e assumindo a 14ª colocação.

PRÓXIMOS JOGOS

O Grêmio voltará a atuar pelo Brasileirão no próximo domingo, quando visitará o Atlético-PR, no próximo domingo, às 16h. Já o Vitória, no mesmo dia e horário, receberá a Ponte Preta, no Barradão.

KIEZA LETAL, PÊNALTI POLÊMICO E LEÃO NA FRENTE

A missão do Grêmio era seguir letal atuando na Arena e superar as ausência dos lesionados Geromel, Wallace Reis e Maicon. E o Tricolor, com menos de um minuto, já criou boa chance, após Everton deixar Ramon no chão. Prenúncio de novo triunfo gremista? Nada disso. O Vitória veio para o jogo no 3-5-2, o que surpreendeu o rival. Tal sistema tático não fazia o time apenas buscar os contra-ataques. Quando tinha a bola, os comandados de Vagner Mancini também agrediram o Tricolor.

E a postura do Vitória na Arena surtiu efeito aos 25 minutos, naquela que é uma das principais deficiências do time gaúcho: a bola aérea defensiva. Diego Renan se livrou de Everton e cruzou na medida para Kieza, que não tomou conhecimento da marcação de Bressan. Vitória 1 a 0. Tal vantagem foi ampliada aos 31, mas graças a um lance polêmico. Sandro Meira Ricci marcou pênalti de Bressan, que já tinha amarelo, em Dagoberto, que forçou o contato. Expulsão do defensor, cobrança de Diego Renan e Leão 2 a 0 em Porto Alegre. Leão que quase ampliou ainda no primeiro tempo.

GRÊMIO DIMINUI, PRESSIONA, MAS VITÓRIA É RUBRO-NEGRA

Emoção. Muita emoção logo nos primeiros minutos da etapa final. O Grêmio voltou disposto a diminuir seu prejuízo o quanto antes, tentando envolver o Vitória. E o Tricolor contou com a sorte para marcar. Fernando Miguel interceptou o cruzamento de Edilson, mas a bola bateu em Victor Ramos e morreu no fundo do gol baiano, aos dez minutos.

Logo após o gol gremista, Dagoberto teve chance pelo Vitória e Marcelo Oliveira mandou a bola no travessão de Fernando Miguel. Jogo aberto na Arena com um Grêmio tentando pressionar um adversário que tinha como objetivo buscar o terceiro gol em contra-ataques. Roger tornou o time mais ofensivo com a entrada de Negueba. Giuliano teve boa chance, o Grêmio seguiu mais presente no campo defensivo do rival e teve "aquela chance" aos 45. Ataque envolvente, bola para Luan, marcadores para trás e finalização para fora, cara a cara com Fernando Miguel. Não era o dia do Grêmio. Bom para o Vitória, que encerrou longo jejum.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 2 VITÓRIA

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data-hora: 23/6/2016 - 19h15

Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)

Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Neuza Inês Back (Fifa-SC)

Público/Renda: 12.636 pagantes/14.382 presentes/ 352.108,00

Cartões amarelos: Bressan, Ramiro, Walace e Marcelo Oliveira (GRE); Victor Ramos, Dagoberto, Tiago Real e Euller (VIT)

Cartão vermelho: Bressan, 30'/1ºT (GRE)

Gols: Keiza, 25'/1ºT(0-1), Diego Renan, 31'/1ºT(0-2) e Victor Ramos (contra), 10'/2ºT(1-2).

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Fred, Bressan e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro (Jailson, Intervalo), Giuliano, Douglas (Negueba, 19'/2ºT) e Everton (Marcelo Hermes, 33'/2ºT); Luan - Técnico: Roger Machado.

VITÓRIA: Fernando Miguel; Victor Ramos, Ramon e Kanu; Diego Renan, Amaral (Leandro Domingues, 24'/2ºT), Willian Farias, Tiago Real e Euller (José Welison 38'/2ºT); Dagoberto (Marcelo, 31'/2ºT) e Kieza - Técnico: Vagner Mancini.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos