Douglas é assaltado e acaba obrigado a adiar reunião com o Cruzeiro

A vida do lateral-direito Douglas não está nada fácil. Além de quase não ser utilizado pelo técnico Luis Enrique nas duas últimas temporadas, o defensor brasileiro não pôde se reunir com o Cruzeiro por conta de um imprevisto: o jogador do Barcelona teve os documentos roubados, de acordo com o jornal "Mundo Deportivo". O encontro foi adiado para a próxima segunda-feira.

 

De acordo com a publicação, Barcelona e Cruzeiro já se acertaram. Os mineiros pagariam dois milhões de euros por 60% do passe do lateral e ficaria com o jogador até 2021.

 

Douglas, em contrapartida, não se mostrou tão animado com a possibilidade pois sabe se permanecer no Camp Nou por mais um ano receberá o passaporte comunitário. Segundo as condições exigidas para a legalização da documentação, o estrangeiro que pretende conseguir a nacionalização tem que ficar por três anos ininterruptos no país.

 

Apesar de ter sido transferido do São Paulo para o Barcelona em 2014, o jogador ainda não teria atingido o tempo necessário para conseguir a cidadania espanhola. No Barça, Douglas nunca iniciou uma partida como titular. Ao todo, o brasileiro soma três partidas pelo clube catalão, sendo somente três delas no Campeonato Espanhol.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos