500 jogos no Pacaembu e lembranças de diversos títulos: San-São histórico

Muitos santistas ainda dividem opiniões sobre o Santos mandar jogos no Pacaembu. Enquanto alguns não abrem mão da força da Vila Belmiro, outros preferem olhar para aspectos positivos, como maior receita com bilheteria e proximidade com a torcida da capital, para defender mais jogos com mando no estádio municipal.

Certo é que o clássico entre Santos e São Paulo neste domingo, às 16h, já está marcado para o Pacaembu e não há mais quem possa mudar a ideia da diretoria. Mesmo sob opiniões distintas, fato é que a história do jogo 500 do Peixe no estádio será escrita.

O confronto contra o São Paulo é ainda mais emblemático. Santistas que definem o Pacaembu como "segunda casa" não são exagerados. É, de fato, o segundo lugar onde o Peixe mais jogou em 114 anos de história e o segundo lugar onde mais levantou troféus.

Dos 12 títulos conquistados em 499 partidas no Pacaembu, um terço deles foi em cima do São Paulo. Lembranças de sobra para um torcedor órfão de lendas como Pelé, Pepe e Antoninho Fernandes e combustível suficiente para essa mesma torcida lotar o estádio em um clássico.

O San-São deste domingo está longe de valer título, mas, como diz o clichê dos próprios jogadores, clássico é clássico e é vencer ou morrer. Mesmo sem valer taça, uma vitória pode recolocar o Peixe de volta no G4 e fazer a torcida voltar a sonhar com uma Libertadores. Libertadores, aliás, que é o título recente mais comemorado pela torcida e erguido justamente no Pacaembu, há cinco anos.

Quatro dos 12 títulos alvinegros no estádio municipal foram conquistados em cima do rival tricolor: Taça Cidade de São Paulo (torneio disputado entre os três primeiros colocados do Paulistão no ano anterior) em 1949 e os Paulistas de 1952, 1656 e 1967.

Do lado do Peixe, há motivos de sobra para confiar em uma vitória mesmo na "segunda casa". Cientes disso, os jogadores pediram e a torcida deve comparecer em bom número para o histórico jogo 500.

- Espero vocês lá no Pacaembu, com uma grande festa. Precisamos de vocês. Estamos juntos! - disse o atacante Gabigol, autor de dois gols na vitória sobre o Fluminense, na última rodada.

Confira abaixo os títulos do Santos contra o São Paulo no Pacaembu:

1949

Depois de 12 anos de jejum de títulos oficiais, o Santos voltou a conquistar um torneio: a Taça Cidade de São Paulo de 1949, torneio disputado entre os três primeiros colocados do Paulista do ano anterior. Na final, Santos bateu o rival Tricolor Paulista por 2 a 0

1956

Santos e São Paulo voltaram a se enfrentar em uma decisão, dessa vez no Paulistão. Em um jogo extra em estádio neutro, o Peixe venceu por 4 a 2 e sagrou-se bicampeão paulista pela primeira vez em sua história

1962

Mais uma vez pelo Campeonato Paulista, Santos e São Paulo voltaram a se enfrentar no Pacaembu justamente na partida que decidiu o torneio. A goleada por 5 a 2 deu ao Peixe de Pelé, Coutinho, Dorval e Pepe seu primeiro tricampeonato na história com três rodadas de antecedência

1967

Mais uma vez em jogo extra, Santos e São Paulo se encontraram no Pacaembu para decidir o Paulistão daquele ano. A vitória por 2 a 1 prolongou a seca do Tricolor, que não era campeão desde 1957

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos