Bruno Macaco vence no Shooto e ex-UFC retorno ao evento com triunfo

Na noite de domingo (26), o Shooto Brasil realizou sua edição de número 64, em seu principal palco, o Clube Hebraica no Rio de Janeiro, com Bruno Macaco derrotando Lincoln "Cowboy" Sá no evento principal da noite, por decisão unânime dos jurados. Na co-luta principal, Valmir Bidu retornou à organização, que o levou até o UFC, e conquistou um triunfo sobre Oberdan Pezão por nocaute técnico. A noite ainda contou com mais nove outros duelos, com apenas um decidido nas papeletas dos juízes laterais.

Macaco domina combate e vence Cowboy

Detentor do cinturão mundial do XFC dos moscas, Bruno Macaco fez um bom duelo diante do carioca e veterano Lincoln Sá. O combate, no início, foi marcado pelos dois lutadores estudando o jogo do adversário e no aguardo de qualquer brecha para concluir a luta. Melhor na maior parte do tempo, Macaco aplicou boas sequências de socos, enquanto o Cowboy buscava o chão.

Depois de um primeiro round amarrado, Macaco encaixou seu jogo e tomou conta do duelo. Ele derrubou o rival duas vezes, e ainda encaixou um lindo chute alto que por pouco não nocauteou o adversário. O brasiliense sufocou Sá no ground and pound, que acabou salvo pelo gongo.

No terceiro assalto, com a vitória já nas mãos, coube a Bruno não se arriscar. Ciente da derrota, Lincoln tentou levar o rival para o solo, mas novamente foi derrubado em duas oportunidades que definiram a vitória para o atleta da Nova União.

Ex-UFC retorna com vitória

De volta aos eventos nacionais depois de cerca de dois anos no UFC, onde fez três lutas e venceu uma, Valmir Bidu reencontrou o caminho das vitórias em um bom duelo contra Oberdan Pezão. Aproveitando-se de sua característica marcante, a trocação, o baiano desfilou seu boxe e foi massacrante durante os dois rounds disputados.

Depois de aguentar fortes pancadas, e ouvir o gongo soar, Pezão não teve condições de seguir para o último assalto e o ex-lutador do Ultimate foi declarado o vencedor por nocaute técnico (interrupção médica), já que Oberdan tinha um grande corte na boca e não podia seguir com o embate.

Surpresa vence e pede cinturão

A grande surpresa da noite ficou por conta do duelo entre Luan Danger e Mauricio Buda. Com Buda favorito e dominando o combate, Luan conseguiu uma reviravolta e aplicou um inesperado mata-leão no rival e conquistou sua sétima vitória na carreira. Após os três tapas do rival, Danger correu diretamente na direção de Dedé Pederneiras, e pediu uma chance para disputar o cinturão dos galos, da organização.

Shooto Brasil 64 - Resultados oficiais

Bruno Macaco venceu Lincoln Sá por decisão unânime dos juízes laterais

Valmir Bidu venceu Oberdan Pezão por nocaute técnico no segundo round

Carlão Silva venceu Adriano Coiote na decisão unânime dos juízes laterais

Leonardo Limberger venceu Marcos Imperador com um mata-leão no R2

Luan Danger finalizou Mauricio Buda com um mata-leão no segundo round

Gláucio "Salvamar" Eliziário finalizou Renan Leal com um katagatame no R1

Wagner Peão venceu Jackson Samurai por nocaute técnico no terceiro round

Filipe Jesus finalizou John David com um mata-leão no terceiro round

Fiuri Ribeiro venceu Mario da Costa por nocaute técnico no segundo round

Jean Pankeka venceu Fransuir "Bodinho" Barroso por nocaute técnico no R1

Leandro Gomes finalizou Arthur Cesar com um armlock no primeiro round

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos