Ponte Preta desperdiça pênalti e só empata com o Vitória em Salvador

A Ponte Preta chegou ao terceiro jogo consecutivo sem conquistar um triunfo no Campeonato Brasileiro. O empate por 1 a 1 com o Vitória, neste domingo (26), no estádio do Barradão, em Salvador, pela 11ª rodada, pode ser bastante lamentado pelo torcedor, sobretudo por conta das oportunidades desperdiçadas.

Com o resultado, a equipe baiana chega a 13 pontos e garante a permanência fora da zona de rebaixamento do Brasileirão. Os comandados de Vagner Mancini ocupam a 15ª colocação do torneio. A Macaca, por sua vez, deixou a parte de cima da tabela e ocupa, agora, a 13ª posição da competição nacional.

O Vitória foi levemente superior ao visitante no primeiro tempo do compromisso, mas sofreu um pouco no começo da partida. A equipe comandada por Eduardo Baptista começou partindo nos contra-ataques. E foi esse tipo de jogada que deu origem ao gol marcado por William Pottker aos oito minutos.

Em desvantagem no marcador, o Rubro-Negro Baiano se reorganizou para achar seu caminho na partida. Trabalhando mais a bola, o time de Vágner Mancini conseguiu o empate aos 21 da etapa inicial, em uma bola cobrança de falta de Diego Renan. O lateral acertou os pés de Kieza, que apenas empurrou para o fundo da rede. Depois de estufar a meta adversária, o mandante manteve a posse de bola, mas não conseguiu traduzir o domínio em oportunidades.

Na volta do intervalo, a Ponte Preta foi para cima e criou as melhores oportunidades. Kanu colocou a mão na bola em finalização de William Pottker e cometeu pênalti. Na cobrança, Felipe Azevedo não foi feliz. O goleiro Fernando Miguel defendeu e evitou o segundo gol do mandante.

Embora o visitante tenha criado a melhor oportunidade, o mandante também teve as suas chance. Dagoberto balançou a rede, mas foi assinalado em situação irregular. Na sequência, o zagueiro Ramon até acertou o travessão de João Carlos. Entretanto, não foi o suficiente para ampliar o marcador, que terminou em igualdade.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 1 X 1 PONTE PRETA

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data-hora: 26/6/2016 - às 16h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE)

Público / Renda: 4.815 pagantes / R$: 49.493,00

Cartão amarelo: Kanu, Diego Renan (Vitória); Felipe Azevedo, Matheus Jesus (Ponte Preta)

Gols: William Pottker - 8'/1ºT (0-1); Kieza - 21'/1ºT (1-1)

VITÓRIA: Fernando Miguel (Caíque - 14'/2ºT); Diego Renan, Kanu, Ramon e Euller; Amaral (Marcelo - 39'/2ºT), Willian Farias e Tiago Real; Dagoberto, Kieza e Gabriel (Leandro Domingues - Intervalo). Técnico: Vágner Mancini.

PONTE PRETA: João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior (Felipe Meneses - 24'/2ºT), Matheus Jesus e Clayson (Nino Paraíba - 24'/2ºT); Felipe Azevedo (Thiago Galhardo - 39'/2ºT) e William Pottker. Técnico: Eduardo Baptista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos