Convocado, Luan do Vasco comemora: 'Realizando um sonho de moleque'

A quarta-feira foi movimentada para o zagueiro Luan. Iniciou o dia logo cedo, às 8h, em tratamento intensivo no Caprres para se recuperar de uma contratura lombar e ter condições de ajudar o Vasco no sábado, contra o Avaí, pela Série B. Por volta das 11h10, teve a sua convocação confirmada pela Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. E na sequência, por volta das 13h, conversou com a imprensa no estádio comemorando a fase.

- Estou muito feliz. Recebi a notícia na sala dos médicos. Estava fazendo acupuntura e acompanhando a convocação. Quando saiu meu nome, não consegui ver mais nada. Meu telefone não parou de tocar. Já sorri e chorei muito de felicidade. Eu sempre almejei ser convocado para a Seleção Olímpica, sempre mantive uma chama acesa dentro de mim. Não poderia deixar de agradecer ao Vasco por tudo - disse Luan para completar:

- Cheguei aqui com 13 anos de idade e hoje, dez anos depois, estou podendo realizar um sonho. O Rio é minha casa, pois já tenho 10 anos morando aqui. Uma palavra que me resume no dia de hoje é felicidade. Sou o único jogador dos clubes do Rio que está na lista. Isso, entretanto, não é o que mais me atrai. O que me atrai é que sou o representante do Vasco. Estou muito feliz, realizando um sonho de moleque hoje e devo tudo ao Vasco.

Por meio desta convocação, Luan se junta a um seleto grupo de jogadores que representaram o Vasco nos Jogos Olímpicos. Ao longo da história foram 11: Adésio, Carlos Alberto, Jansen e Vavá (Helsinque, 1952), Wanderley (Roma, 1960), Roberto Dinamite (Munique, 1972), Geovani, Mazinho e Romário (Seoul, 1988), Hélton (Sidney, 2000) e Romulo (Londres, 2012).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos