Dos Anjos garante estar no auge e promete paciência para manter título

Campeão dos leves do UFC, Rafael dos Anjos fará a sua segunda defesa de título diante de Eddie Alvarez, em 7 de julho, em Las Vegas (EUA) e garantiu estar na melhor forma de sua vida.

Em sua última apresentação, o brasileiro atropelou Donald Cerrone com um nocaute no primeiro round e conquistou a sua quinta vitória consecutiva na categoria. Já o seu adversário, vem embalado por vitórias na decisão dividida sobre Gilbert Melendez e Anthony Pettis, respectivamente.

Apesar de ter demonstrado uma evolução absurda ao longo de sua carreira, o carioca garantiu que sua melhor forma será vista na semana que vem, conforme declarou em conferência telefônica, na última terça-feira (28).

- Sinto que estou melhorando muito e tenho muito a melhorar, estou muito confiante e tenho mais armas do que Alvarez. Estou muito melhor, me sinto ótimo. Será lindo, estou em grande forma e motivado. Me sinto na melhor forma de todos os tempos, estou melhor em tudo - declarou o campeão.

Apesar de vir embalado por um nocaute no primeiro round, Dos Anjos não tem pressa para terminar a luta e não pretende se afobar, para não cair no mesmo erro de Fabricio Werdum e José Aldo, que partiram com tudo para cima dos desafiantes e perderam seus respectivos cinturões, nocauteados.

- Sei que tenho 25 minutos para lutar, mas serei paciente. Se puder terminar antes, eu vou, como sempre. Mas estou pronto para lutar cinco rounds. Treinei para tudo. Como disse, preciso ser paciente, mas se tiver a chance vou aproveitar e finalizar. Mal posso esperar para lutar de novo e dar um grande show. Não quero provar nada a ninguém, apenas vencer - disse Rafael.

Ex-campeão dos meio-médios, Georges St-Pierre declarou recentemente que está negociando o seu retorno ao UFC e que não descarta descer de categoria e competir entre os leves, o que deixou Dos Anjos animado.

- Sou um grande fã dele, para mim seria demais enfrentar meu ídolo. É um novo desafio, uma luta com dinheiro, se puder fazer isso seria demais, estou aqui. Mas agora meu foco é o Eddie, um cara duro, no jogo por muito tempo. É um bom desafio e vou lá mostrar ao mundo como trabalho com minha equipe. Ficarei com o cinturão por muitos anos - encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos