Simeone sobre indecisão no Atlético de Madri: "Falei de cabeça quente"

  • Reuters / Kai Pfaffenbach

    Após vice para o Real na Champions, Simeone colocou sua permanência em aberto

    Após vice para o Real na Champions, Simeone colocou sua permanência em aberto

Ao que tudo indica, o técnico Diego Simeone não deixará mais o Atlético de Madrid. Nesta quarta-feira, em Buenos Aires, o "Cholo" lançou o livro "Acreditar, o desafio de se superar sempre" e aproveitou para quebrar o silêncio de um mês.

A última vez que se pronunciou publicamente foi após a derrota para o Real Madrid, na final da Liga dos Campeões da Europa, nos pênaltis, em Milão. Naquela ocasião, o treinador chegou a colocar em dúvida a permanência no Vicente Calderón.

Refeito após a queda, Simeone explicou a frase que deixou os torcedores rojiblancos apavorados.

"Falei de cabeça quente. Nós, argentinos, somos assim. Aprendi com o tempo. É necessário lembrar a dor e o sofrimento para se superar. As derrotas geram vazios. É preciso curá-los em casa e perseverar com trabalho e paciência", filosofou o comandante.

O técnico fez questão de enaltecer o Atlético de Madrid. Para Simeone, o Colchonero não deve nada aos grandes clubes do futebol europeu.

"Não há equipe melhor do que a nossa. É um grande grupo. Não se alcança os resultados somente com o talento", completou.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos