Scarpa admite estar atuando com dores: 'Não vai me tirar de jogos'

Com atraso por conta da neblina, a delegação do Fluminense chegou ao Rio de Janeiro no fim da tarde desta quinta-feira, após a derrota para o São Paulo. O meia Gustavo Scarpa foi quem conversou com a imprensa no aeroporto Santos Dumont e admitiu que tem jogado com dores no pé esquerdo.

- Está doendo mesmo, mas não é algo que vai me impossibilitar de jogar, não vai me tirar de jogos. Hoje em dia, dificilmente algum jogador atua sem dor. Futebol de alto nível é assim - comentou o camisa 40 do Tricolor.

O clássico contra o Botafogo, no dia 29 de maio, foi a "origem" das dores de Gustavo Scarpa, que sofreu um pisão no pé esquerdo naquela oportunidade. Aos 22 anos, o meia se coloca à disposição de Levir Culpi desde então, e não quer que as dores sejam usadas como desculpas para a oscilação em campo.

- ou continuar dando meu máximo e enquanto eu tiver condições eu vou estar à disposição do Levir. Ele sabe que pode contar comigo. Não há necessidade de parar. Estou com dor, mas é algo que consigo levar - afirmou Scarpa.

Nesta sexta-feira, pela manhã, o Fluminense volta a treinar na sede das Laranjeiras. Depois já viaja para Volta Reonda, local do jogo de sábado diante do Coritiba, às 16h, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos