Artilheiro do Botafogo, Sassá destaca evolução após período lesionado

Apesar da derrota contra o Atlético-MG manter o Botafogo dentro da zona de rebaixamento, nem tudo é motivo para lamentação. Em seu retorno ao time, Sassá entrou no lugar de Ribamar e voltou a balançar as redes - de pênalti - se isolando como o artilheiro do time na temporada, com seis gols. Isso em 11 jogos disputados no ano, tendo a melhor média do elenco atual.

O atacante comemorou os bons números e destacou a mudança nos hábitos após ter ficado afastado dos gramados por quase sete meses, quando teve que passar por uma cirurgia no joelho, em novembro do ano passado:

- Com a lesão que tive, aprendi que tem que ser um pouco mais profissional e levar minha carreira a sério. Estou bastante focado na recuperação, alimentação e descanso para que eu possa ter uma boa sequência esse ano.

Logo quando o pênalti no Mineirão foi marcado, Sassá pegou a bola e chamou a responsabilidade na cobrança. Segundo o atacante, não existe vaidade dentro do grupo, mesmo com os outros batedores do elenco, como Neilton e Lindoso:

- Falo com o Neilton que ali na frente não pode ter vaidade. A gente tem que dar preferência. Mas tem hora, no jogo, que tem que ser um pouco fominha também. Aqui no Botafogo não tem essa de vaidade - completou Sassá.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos