Delatora russa é liberada para competir sob bandeira neutra

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) anunciou nesta sexta-feira a russa Yuliya Stepanova como a primeira atleta russa liberada para competir sob uma bandeira neutra nas competições internacionais. A decisão foi tomada pelo Comitê de Revisão de Doping da entidade de forma unânime.

A entidade aceitou o pedido da atleta alegando que ela "deu uma contribição excepcional para a proteção e promoção dos atletas limpos, para o jogo limpo e a integridade e autenticidade do esporte". Agora, a competidora dos 800m no atletismo está liderada para disputar os principais torneios internacionais, inclusive os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto.

Stepanova já pode até voltar às pistas nos próximos dias, durante o Campeonato Europeu de atletismo, entre 6 e 10 de julho, em Amsterdã (HOL). Com o envio da documentação da liberação pela IAAF, os organizadores de cada evento também precisam liberar os atletas.

Vale lembrar que a competidora russa e seu marido, Vitaly Stepanov (que havia trabalhado para Agência Antidoping Russa), foram dois dos principais responsáveis pela revelação dos casos de doping no país deles. Eles apareceram em um documentário da rede alemã ARD, um canal de televisão, no qual denunciavam uma situação generalizada de casos de doping na Rússia.

Em 2013, ela também chegou a ser suspensa por dois anos por doping.

OUTROS CASOS

A IAAF também anunciou nesta sexta-feira ter recebido mais de 80 pedidos de atletas russos para se tornarem elegíveis em competições internacionais. Para conseguirem a liberação os competidores precisam provar não estarem envolvidos com nenhum caso de doping. O pedido desses competidores ainda está em análise pela entidade e também precisam passar pela aprovação do Comitê de Revisão de Doping.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos