Acabou o caô, Romero chegou! Timão brilha e goleia o Flamengo na Arena

- Meu objetivo é passar o Paolo. Ele tem 15 gols, né? Estou chegando!

Romero já tinha mandado seu recado a Guerrero em entrevista publicada pelo LANCE! neste domingo. Com 12 gols, ele é perseguidor direto do peruano do Flamengo, ainda artilheiro máximo da Arena Corinthians, com 15. O paraguaio falou e disse. Com o primeiro e o último gols marcados pelo próprio Romero, que ainda participou das jogadas dos outros dois, o Corinthians goleou o Flamengo por 4 a 0 e manteve a segunda posição do Campeonato Brasileiro, agora empatado em número de pontos com o Palmeiras, que joga nesta segunda-feira. Luz alta no rival!

Apesar da vitória do Corinthians, não dá para dizer que houve domínio do time da casa. Pelo contrário, foi o Flamengo que controlou as ações! Ederson de fora da área, Marcelo Cirino e Rafael Vaz à queima-roupa, trave de Ederson e rebote de Alan Patrick... Com posse de bola, domínio do meio e boa marcação, o time de Zé Ricardo comandou o jogo diante do de Cristóvão Borges, que só fez fumaça com Marquinhos Gabriel, em chute bem defendido por Alex Muralha.

Balbuena e Pedro Henrique, impecáveis, controlaram o ímpeto dos talentosos jogadores de ataque do Flamengo. Fagner e Uendel, mesmo pouco inspirados ofensivamente, marcaram bem e fecharam espaços nas descidas de Jorge e Rodinei. Ao Corinthians, faltava criatividade, faltava deixar de simplesmente reagir às ações do Flamengo.

Inspiração não tinha, mas foi justamente em uma jogada de transpiração e paciência que o primeiro gol do Corinthians saiu. Após cobrança de escanteio na área, Bruno Henrique desviou, Balbuena completou e viu Jorge salvar o Flamengo. Mas tinha o rebote, né? E Romero não desperdiçou. Em ótima fase, o paraguaio bateu firme e superou Muralha com maestria.

Jayme de Almeida, no lugar do expulso Zé Ricardo, e Cristóvão Borges mudaram suas equipes, e foi o corintiano quem brilhou. Aos 32, oito minutos depois de abrir o placar, Romero avançou após falha de Jorge e deu para Guilherme marcar o terceiro. Aos 34, Rildo aproveitou rebote e marcou um lindo gol de voleio em seu primeiro jogo após nove meses ausente, por três diferentes lesões. Ah, o rebote foi de um chute de Romero...

Para completar a festa, o próprio paraguaio encerrou a conta. Aos 43, Rodriguinho avançou sem marcação e deu no pé de Romero, que fez o quarto do Timão. Foi o 14º dele na Arena. Guerrero? É coisa do passado...

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 4 X 0 FLAMENGO

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)

Data-Hora: 3/7/2016 - 16h

Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA-SC)

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Nadine Camara Bastos (FIFA-SC)

Público/renda: 32.577 pagantes/R$ 2.025.123,50

Cartões amarelos: Pedro Henrique e Guilherme (COR), Guerrero, Márcio Araújo e Ederson (FLA)

Cartões vermelhos:

Gols: Romero (14'/2ºT) (1-0), Guilherme (32'/2ºT) (2-0), Rildo (34'/2ºT) (3-0) e Romero (43'/2ºT)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Marquinhos Gabriel (Maycon, aos 37'/2ºT), Giovanni Augusto (Rildo, aos 31'/2ºT) e Romero; Luciano (Guilherme, aos 23'/2ºT). Técnico: Cristóvão Borges.

FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei, Rafael Vaz, Réver e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson (Everton, aos 9'/2ºT); Marcelo Cirino (Thiago Santos, aos 23'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos