Basquete: Brasil fica com o vice no Sul-Americano da Venezuela

Num jogo marcado pelo equilíbrio, o Brasil ficou com a medalha de prata no 47º Campeonato Sul-Americano da Venezuela. Na partida realizada no último sábado, no Poliedro de Caracas, a Seleção Brasileira de basquete foi superada pela Venezuela por 64 a 68. Greg Vargas, da equipe da casa, foi o cestinha da partida, com 21 pontos, enquanto o ala Marcus toledo, foi o maior pontuador do Brasil, com 13 pontos.

- Fizemos um jogo muito bom, soubemos controlar a partida e a pressão do ataque adversário. E com uma boa defesa conseguimos que eles pontuassem na casa dos 60 pontos. Mas infelizmente no final não tivemos a mesma tranquilidade da partida contra a Argentina para finalizar e vencer - afirmou o técnico brasileiro, Gustavo De Conti, ao site oficial da Confederação Brasileira de Basquete (CBB).

Apsar de lamentar o resultado, o treinador reconheceu o bom momento dos adversários:

- Foi uma pena e fica um gostinho de que podíamos ter sido campeões. Perdemos para uma grande equipe que estava praticamente com sua seleção principal, que teve uma boa fase de preparação, com treinos e jogos na Europa - acrescentou o treinador.

Outros destaques da equipe nacional foram o ala-pivô Jefferson William, com 12 pontos, quatro rebotes e duas assistências; e o ala Léo Meindl, com dez pontos, quatro rebotes, uma assistência e uma recuperação de bola.

Os cinco primeiros colocados do Campeonato Sul-Americano (Venezuela, Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia) garantiram a vaga no FIBA Américas 2017, novo sistema classificatório para a próxima Copa do Mundo de 2019.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos