Eurocopa-2016: o trampolim do mercado de transferências

Em época de início da janela de contratações, a Eurocopa funciona como uma vitrine perfeita para clubes do continente e jogadores menos conhecidos. De um lado da moeda, Paris Saint-Germain, Chelsea, Manchester City, Barcelona e Atlético de Madrid encontram soluções boas e baratas para renovarem os elencos. Do outro, os atletas têm uma oportunidade única para dar um salto na carreira. Nesta edição, muitas negociações e transferências foram adiantadas.

Destaque da Polônia, o volante Krychowiak trocou o Sevilla pelo endinheirado Paris Saint-Germain. Campeão da última Liga Europa, o polaco foi a transição mais cara da Eurocopa. Ele custou 26 milhões de euros (R$ 93,6 milhões).

Na Bélgica, dois jogadores aproveitaram o "trampolim". O atacante Batshuayi largou o Olympique de Marselha para tentar a vida no Chelsea. Já o lateral-direito Meunier deixou o Brugges para trás e acertou com o PSG.

Na França, o zagueiro Umtiti, ex-Lyon, não precisou entrar em campo para assinar com o Barcelona. O defensor de apenas 22 anos foi confirmado antes de estrear pela seleção anfitriã, no último domingo, na vitória sobre a Islândia por 5 a 2, pelas quartas de final.

Um dos principais nomes da Espanha e do Celta de Vigo na temporada passada, o atacante Nolito trabalhará com Pep Guardiola no Manchester City, que também garantiu a contratação do meia Zinchenko, da Ucrânia.

Sensação na fase de grupos desta Eurocopa, a Croácia também movimentou a janela e emplacou o lateral-direito Vrsaljko no Atlético de Madrid.

Em 2012, o mesmo ocorreu na Ucrânia/Polônia, as duas sedes da Euro. O torneio colocou o lateral espanhol Jordi Alba no Barcelona e o atacante croata Mandzukic no Bayern de Munique.

NEGÓCIOS FUTUROS

Os três gols marcados pelo apoiador francês de 29 anos podem colocá-lo fora do West Ham em 2016-2017. Segundo o proprietário do clube londrino, David Gold, será muito difícil mantê-lo no plantel após a Eurocopa. Barcelona e Real Madrid seriam os mais interessados no jogador da seleção anfitriã do torneio internacional.

Matuidi

Mais um francês pode mudar de ares. De acordo com jornais ingleses, o volante fará uma viagem-relâmpago para acertar com o Manchester United. A chegada de Krychowiak no PSG pode ser um indício da saída do camisa 14.

Pellè

Conhecedor do atacante do Southampton, o técnico Antonio Conte pode levá-lo para o Chelsea. Na Eurocopa, o centroavante fez um golaço, de

voleio, na vitória da Itália sobre a Bélgica por 2 a 0, mas perdeu uma cobrança de pênalti na série contra a Alemanha, durante a eliminação nas quartas de final.

Ricardo Rodríguez

Real Madrid, Manchester United e Arsenal disputam o lateral-esquerdo da Suíça.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos