Eterno! Linda defesa de Bravo na final da Copa América virará estátua

A defesa mais plástica da Copa América Centenário foi também a mais importante. Quase no fim do primeiro tempo da prorrogação entre Argentina e Chile, pela final da competição, o goleiro Claudio Bravo salvou de forma brilhante os chilenos, que viriam a ser campeões nos pênaltis.

O lance protagonizado pelo capitão da equipe de Antonio Pizzi será eternizado, uma vez que virará estátua (plana) na praça San Martín, em Buin, cidade natal de Bravo e que está a 40 quilômetros da capital Santiago.

- Ali é onde faremos a estátua, que é verdadeiramente a mão de Deus - disse o prefeito Ángel Bozán à TVN, fazendo um alusão ao polêmico gol de mão de Maradona na Copa do Mundo de 1986.

Reveja a memorável defesa do goleiro do Barcelona, que esbanjou elasticidade e espalmou para escanteio a bola cabeceada por Agüero:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos