Para receber Copa do Mundo, Rússia decide liberar vistos a torcedores

A exemplo do que fez o Brasil na Copa do Mundo de 2014, a Rússia também decidiu abrir as portas para a entrada de torcedores que vão acompanhar o Mundial em 2018. No início desta semana, Vladimir Putin, chefe de estado da Rússia, anunciou que estrangeiros com ingressos não precisarão de vistos para entrar no país.

Antes, em 2014, a Rússia já havia testado uma ação similar, que liberava a entrada de pessoas para acompanhar os Jogos Olímpicos de Inverno. No entanto, a lei sancionada por Putin quanto à isenção de vistos deve durar somente durante o período que o país sediará a Copa do Mundo.

Para os sul-americanos, a medida também é positiva, apesar de o Brasil, de fato, nunca ter apresentado problemas com a Rússia para visitas com fins não-comerciais. Ainda, o sistema de isenção de vistos facilitará a vida de norte-americanos e europeus, já que, historicamente, tantos os EUA quanto nações europeias tiveram relações diplomáticas estremecidas com o país que sediará a Copa em 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos