Calma, Maestro! No Morumbi, Leco adota cautela ao falar sobre Ganso

  • EDUARDO VALENTE/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO Informações Limpar Copiar para o clipboard

Um dia após falar que Paulo Henrique Ganso deseja ser transferido ao Sevilla-ESP, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, tratou do tema de forma mais cautelosa na chegada ao Morumbi, nesta quarta-feira (06), antes da semifinal.

Leco evitou se estender no assunto e pediu que todo o foco do clube esteja voltado para a disputa da Copa Libertadores da América.

"Normal que tudo isso aconteça [as negociações e a intenção do meia em ser negociado]. Isso faz parte do futebol, mas seguramente esse é um tema que só vamos tratar depois da Copa Libertadores", avisou.

O clube espanhol já fez uma proposta formal por Ganso, a pedido do técnico argentino Jorge Sampaoli, recém-contratado. O Tricolor rejeitou a primeira investida por considerar o momento inoportuno e os valores abaixo do esperado pelo clube.

O estafe do Maestro tem conhecimento de que o Sevilla fará nova oferta aos são-paulinos, que se recusam a escutá-la enquanto o clube ainda disputar a Libertadores. A postura causou incômodo em quem trabalha com o meia, que tem contrato até setembro de 2017. No ano passado, Orlando City (EUA) e Flamengo tentaram comprá-lo.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos