Müller ri ao lembrar de 7 a 1 e descarta goleada elástica ante França

Na véspera do duelo contra a anfitriã França, pelas semifinais da Eurocopa, o alemão Thomas Müller foi questionado, em entrevista coletiva, sobre um assunto que traz péssimas lembranças a nós, brasileiros.

Como a goleada por 7 a 1 da Alemanha sobre a Seleção Brasileira, na última Copa do Mundo no Brasil, completará dois anos nesta sexta-feira, o meia teve que responder se aquele histórico placar elástico pode se repetir diante dos franceses.

- A França, como anfitriã, certamente estará um pouco sob pressão. Eles sabem que jogarão contra um ótimo time da Alemanha. França e Alemanha eram os dois favoritos no início do torneio, e agora nos encontramos nas semifinais. Não poderia haveria melhor atração para esse jogo. Queremos jogar bem, mas, não, nós não achamos que vamos vencer por 7 a 1 - disse Müller, que sorriu após lembrar a vexatória derrota da Seleção, em entrevista coletiva.

O duelo entre França e Alemanha será realizado nesta quinta-feira, às 16h (de Brasília), no Velódrome, em Marselha. A outra semifinal será entre Portugal e País de Gales, que será disputada nesta quarta, no mesmo horário, em Lyon.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos