Saiu a sentença: Oscar Pistorius é condenado a seis anos de prisão

A sentença do campeão paralímpico Oscar Pistorius foi divulgada nesta quarta-feira. O sul-africano terá que pagar seis anos por ter sido acusado de assassinar Reeva Steenkamp, sua namorada, em fevereiro de 2013.

A responsável pela divulgação da pena foi a juíza Thokozile Masipa, no tribunal de Pretória, na África do Sul. A promotoria tinha pedido que Pistorius fosse condenado à pena máxima, ou seja, 15 anos, de acordo com a lei do país.

No último mês, Pistorius se defendeu da sentença de homicídio doloso e caminhou no tribunal sem suas próteses sem suas próteses. Masipa, após este dia em junho, decidiu prorrogar a audiência que determinaria sua sentença - divulgado nesta quarta. Até o momento, o sul-africano está em prisão domiciliar, morando com um tio.

Mais sobre o caso

Pistorius havia sido condenado a cinco anos de prisão por homicídio culposo (sem intenção de matar) em 2014. No fim do ano passado, o grau foi revisto para homicídio doloso.

O assassinato de Steenkamp ocorreu em 14 de fevereiro de 2013, dia dos namorados na África do Sul. A acusação dizia que Pistorius tinha brigas constantes com a companheira e mostrou diversos momentos em que ele utilizou armas em público. Além disso, a modelo teria enviado mensagens dizendo que o ex-atleta a assustava.

Já Pistorius e sua defesa sempre alegaram inocência, afirmando que ele atirou por achar que um ladrão havia entrado em seu banheiro. O sul-africano também lembrou sua infância violenta e o trauma por ter perdido as duas pernas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos