Substituto de Fred, Henrique Dourado viveu situação parecida no Palmeiras

Em abril de 2014, a transferência de Alan Kardec, que trocou o Palmeiras pelo rival São Paulo, tornou-se uma longa novela entre os clubes. No vácuo desta história, Henrique Dourado chegou ao Alviverde Paulista e conquistou seu espaço com muitos gols: 18 gols em 39 partidas. Agora, o "Ceifador" vive situação parecida no Fluminense, seu novo clube nas próximas temporadas.

Vestindo a camisa 89, Henrique Dourado foi apresentado nesta terça-feira na sede das Laranjeiras. A responsabilidade dessa vez é substituir Fred, ídolo e terceiro maior artilheiro da história do Tricolor, que deixou o clube em junho para acertar com o Atlético-MG. Este será apenas um dos desafios do Ceifador.

- Tenho que estar preparado para tudo. Já passei por situações parecidas. Venho para somar. Fred tem sua história no clube, isso não vai se apagar. Venho para escrever a minha - comentou Henrique, antes de completar:

- Quando cheguei no Palmeiras, o Alan Kardec tinha acabado de sair. Era o artilheiro da equipe. Tenho que me empenhar para superar isso e deixar minha marca. Acreditei no projeto do Fluminense. Vai dar muito certo - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos