Löw lamenta infelicidade de Schweinsteiger no pênalti

O técnico da Alemanha, Joachim Löw, lamentou o pênalti cometido por Schweinsteiger no último minuto da primeira etapa, quando a semifinal contra a França ainda estava com o placar em branco. Sem opinar se a marcação da infração máxima foi correta ou não, o comandante eximiu o volante de culpa.

- Não gosto de falar de lances do jogo. Devemos aceitá-los. É inútil falar. A mão de Schweinsteiger não estava necessariamente perto do corpo. Foi o que aconteceu em uma fração de segundos, é difícil julgar. Nem sempre podemos controlar nossos movimentos. Não posso culpar a pessoa - afirmou.

Para o treinador, a Alemanha fez uma boa partida, apesar da derrota para a França por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Marselha. O pênalti, segundo ele, acabou influenciando muito no score final.

- No segundo gol, não conseguimos tirar a bola para longe e ficamos numa posição perigosa. Uma pena, pois fizemos isso muito bem durante todo o jogo. Dominamos o meio de campo, criamos pressão no segundo tempo, mas havia sempre o perigo do contra-ataque. Investimos tudo e tentamos, tivemos nossas chances. Certamente, aquele pênalti foi um tiro na nuca para o nosso time.

Para Löw, a França entra como favorita contra Portugal na final deste domingo, no Stade de France.

- Parabenizo a equipe da França. Eu acho que ela vai ganhar de Portugal na final.

Por fim, o técnico elogiou a participação da atual campeã do mundo nesta Eurocopa.

- Este foi um bom torneio para nós. Tivemos grande energia, o time mostrou grande esforço, provou o seu espírito de equipe. Foi impressionante como os jogadores que não atuaram ajudaram. Em resumo, não vi muitos erros e certamente temos uma grande equipe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos