UFC 200: Cormier se diz desapontado com Jones e aceitaria substituto

Talvez o maior prejudicado com a saída de Jon Jones do UFC 200 por conta do flagra no doping não tenha sido o próprio lutador, mas sim seu rival, Daniel Cormier. O campeão absoluto dos meio-pesados perdeu a chance de se vingar da derrota para Jones e deve ficar sem receber sua bolsa, já que não vai mais lutar no evento que acontece neste sábado, em Las Vegas (EUA).

Em entrevista ao site oficial do UFC, Cormier mostrou-se abatido e sem palavras com a queda do reencontro com Jones no octógono.

- Eu tive um sentimento muito ruim na boca do estômago. Ouvir algo como isso é muito triste do ponto de vista competitivo e financeiro. Eu não sei exatamente explicar como estou me sentindo agora. Estou apenas muito desapontado. Trabalhei muito duro para me preparar para isso. Você tem que cuidar do que você pode. Eu fiz isso, mais do que qualquer coisa. Estou realmente desapontado. Treinei muito e por muito tempo. Se alguém puder lutar, eu vou lutar. Mas se não fizer sentido para a organização e pra mim, então não faz sentido. Então não sei o que vem agora. É uma pergunta difícil.

Este capítulo na minha me arrastou e me fez feio. Eu tenho que seguir em frente e começar a limpar a minha mente no que diz respeito a ele (Jones) - explicou o campeão meio-pesado.

O UFC procura um substituto para enfrentar Daniel Cormier no UFC 200, em Las Vegas. Alguns nomes da organização já se prontificaram para o desafio com o campeão dos meio-pesados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos