São Paulo anuncia rompimento com torcidas organizadas

Após as confusões e brigas da última quarta-feira nos arredores do Morumbi, a pressão sobre a diretoria do São Paulo para romper as relações com as torcidas organizadas aumentou. E o movimento pelo fim dos vínculos acabou dando resultado nesta sexta-feira. Em nota oficial, a diretoria avisou que "não vai manter mais nenhum tipo de relação" com os grupos.

Após a derrota por 2 a 0 para o Atlético Nacional (COL), pela primeira semifinal da Copa Libertadores da América, membros da Torcida Independente entraram em conflito com policiais militares no portão 6 do Morumbi. Os torcedores atiraram pedras e garrafas sobre os PMs, que revidavam com bombas de efeito moral para tentar conter os agressores.

Houve relatos de roubos, furtos, tentativas de espancamento e até de assédio sexual a mulheres. O tumulto começou com membros das organizadas que não conseguiram entrar no estádio e se indignaram com a saída de torcedores comuns antes do fim da partida. Em nota oficial, a Independente não negou as agressões, apenas os casos de furtos e arrastões.

Confira a nota oficial emitida pelo São Paulo:

"O São Paulo Futebol Clube vem a público manifestar seu veemente repúdio aos episódios de violência ocorridos no entorno do Estádio do Morumbi, após o jogo da última quarta-feira. Inúmeros relatos e imagens de torcedores e autoridades deixam evidente a associação entre os atos lamentáveis e membros identificados como participantes de torcidas organizadas.

Mesmo sabendo que parte expressiva destes agrupamentos de torcedores é constituída de cidadãos bem intencionados, o São Paulo não compactua, em hipótese alguma, com o comportamento de uma minoria. Nossa intenção é sempre prestigiar o verdadeiro torcedor, apaixonado pelo clube, que merece todo respeito.

Em nome destes torcedores, o São Paulo formaliza que não vai manter mais nenhum tipo de relação com as torcidas organizadas, em qualquer aspecto. Por fim, fará todos os esforços ao seu alcance, junto com as autoridades competentes, para assegurar que cenas lamentáveis como aquelas não se repitam, em respeito à história do Clube e à paixão dos torcedores".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos