Dana White crê que doping de Jon Jones pode ter sido acidental

Ex-campeão dos meio-pesados, Jon Jones foi retirado do card do UFC 200, que acontece neste sábado (9), em Las Vegas (EUA), após ser flagrado no doping e teve que abandonar a disputa de cinturão contra o atual campeão Daniel Cormier. Anderson Silva foi chamado e enfrenta DC em luta não válida pelo cinturão.

ASSISTA AO UFC 200 AO VIVO

Apesar de estar visivelmente decepcionado com mais um ato de indisciplina de uma das maiores estrelas da companhia, Dana White acredita que o doping de Jon Jones pode ter sido involuntário, conforme declarou em entrevista a "FOX Sports".

- Não sou o maior fã de Jones neste momento, mas realmente acredito que ele tomou algum suplemento que tinha algo e que não foi intencional. Realmente creio nisso. Mas, ao mesmo tempo, o cara tem 28 anos e é provavelmente o maior talento já visto neste esporte, correto? Ligue para a USADA e diga a eles que suplementos você está tomando. Por que você esquece de fazer isso para você mesmo? - indagou White.

Com a baixa de Jones, a campeã dos galos Miesha Tate foi promovida a luta principal da noite, quando defende o seu cinturão diante da brasileira Amanda Nunes.

Confira as lutas do UFC 200 - Sábado

Daniel Cormier x Anderson Silva

Brock Lesnar x Mark Hunt

Miesha Tate x Amanda Nunes

José Aldo x Frankie Edgar

Cain Velásquez x Travis Browne

Card preliminar

Cat Zingano x Julianna Peña

Johny Hendricks x Kelvin Gastelum

TJ Dillashaw x Raphael Assunção

Sage Northcutt x Enrique Marin

Diego Sanchez x Joe Lauzon

Gegard Mousasi x Thiago Marreta

Jim Miller x Takanori Gomi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos