Multa rescisória de Gabigol dobrará, mas há cláusula de liberação

  • Danilo Verpa/Folhapress

No contrato vigente, a multa rescisória de Gabigol para clubes europeus é de 50 milhões de euros (R$ 181 milhões). Já no novo contrato com o Santos, que ainda será assinado, o valor dobrou para 100 milhões de euros (R$ 363 milhões).

Mas a cláusula de saída de que uma equipe pode comprar o jogador por 18 milhões de euros (R$ 65 milhões) desde que ele abra mão de seus 40% continuará valendo no novo vínculo, com validade até junho de 2021 - o atual vai até 2019.

Na negociação, o estafe de Gabriel tentou diminuir o valor para 15 milhões de euros, para tornar mais fácil o interesse de grandes europeus. Seu empresário, Wagner Ribeiro, também pediu que o Santos abrisse mão de 10% dos 40% que tem dos direitos econômicos do atacante, solicitação que não foi atendida.

Para atender os desejos do camisa 10, o Alvinegro vai pagar a ele um dos maiores salários do elenco e lhe dar bonificação em caso de título. Gabriel é o artilheiro do Santos na temporada com 11 gols em 26 jogos. Aos 19 anos e profissional há três, Gabriel tem 153 partidas e 55 gols marcados com a camisa alvinegra. Neste mês, ele vai à Olimpíada com a Seleção Brasileira.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos