Pato quer ficar no Brasil e recusou proposta, diz dirigente da Lazio

Cresce a chance de Alexandre Pato continuar no Corinthians até o fim do ano. Segundo Igli Tare, diretor da Lazio (ITA), o jogador recusou uma proposta do clube italiano e informou que deseja continuar no Brasil pelo menos até o fim da temporada.

A não contratação do atacante, inclusive, é apontada pela imprensa italiana como um dos motivos para o pedido de demissão do técnico argentino Marcelo Bielsa antes mesmo de estrear pela Lazio.

- Ele (Marcelo Bielsa) me pediu o Pato. Eu disse que era um jogador de qualidade, mas tinha dúvidas. Ele me pediu para fazer de tudo para leva-lo para Roma. Eu falei com seu agente para formular uma proposta. Bielsa sabia o padrão de salário da Lazio, a proposta de Pato era próxima ao contrato de Klose - disse Tare, que completou:

- Pato disse que iria falar com a família antes de responder. No dia seguinte, o jogador disse que queria ficar no Corinthians até 30 de dezembro e por motivos pessoais não queria sair do Brasil - declarou.

Pato tem contrato com o Corinthians até o fim da temporada e recentemente já recusou oferta da China. O Timão tenta negociá-lo antes para tentar recuperar parte dos R$ 40 milhões que investiu na contratação dele e se livrar dos salários de R$ 800 mil por mês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos