Recheado de astros e títulos em jogo, UFC 200 promete noite histórica

A noite deste sábado entrará para a história do mundo das lutas. Na arena T-Mobile, em Las Vegas (EUA), a maior organização de MMA do mundo realiza o UFC 200, evento tido como "o maior de sua história" devido a inúmeros astros escalados. Com a agitação dos fãs e diversos capítulos escritos em volta do show, as emoções já provocadas no coração do torcedor anunciam uma noite memorável para os fãs.

ASSISTA AO UFC 200 AO VIVO

Com um card de tirar o fôlego do início ao fim, o UFC 200 reúne diversos campeões, ex-campeões e diversos dos principais nomes da franquia. Encabeçado pela disputa de cinturão peso-galo feminino entre Miesha Tate e Amanda Nunes, o show ainda conta com Brock Lesnar x Mark Hunt, Daniel Cormier x Anderson Silva e o confronto válido pelo título interino dos penas, entre José Aldo e Frankie Edgar.

Antes mesmo do início do show, o UFC 200 já foi marcado por muita emoção. Foram diversas mudanças em suas lutas principais. Inicialmente, Conor McGregor e Nate Diaz seriam os astros da noite. Porém, após problemas entre o irlandês e a organização, o duelo passou para o UFC 202, dia 20 de agosto. Com isso, Jon Jones e Daniel Cormier se tornou a luta principal do evento. Mas na semana do show, Jones teve revelado um teste positivo e uma notificação da Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos), saiu do card, e Anderson Silva entrou para substituí-lo e encarar Cormier em duelo pelos meio-pesados, não válido pelo título.

A luta principal

Se um dia Dana White declarou que as mulheres jamais chegariam ao UFC, o cenário hoje é outro. A decisão de colocar a disputa de título entre as mulheres como luta principal do maior evento da história da organização mostra a força feminina. Tate fará a primeira defesa de título após finalizar e Holly Holm e chocar o mundo com o título. Já Amanda, pode conquistar um título inédito para o país na divisão depois de emplacar três vitórias consecutivas.

O salvador

Depois do drama da baixa de Jon Jones do UFC 200, Anderson Silva surgiu para encarar Daniel Cormier e protagonizar o duelo mais intrigante da noite. Vindo de cirurgia, sem treinar da forma correta e com dois dias de aviso, Spider apareceu para "salvar" a presença e o trabalho de Cormier no show e ainda ter a chance de se apresentar novamente na categoria dos meio-pesados e, quem sabe, ganhar créditos com a organização.

O retorno

Depois de quase três anos longe do esporte por conta de uma diverticulite, Brock Lesnar está de volta. O ex-campeão dos pesados encara Mark Hunt em duelo pelos pesados. Um dos maiores vendedores de pay-per-view da história do Ultimate, o americano promete sacudir o público diante do poderoso nocauteador neozelandês Hunt.

O recomeço

Depois de perder o título dos penas por nocaute contra Conor McGregor, em dezembro, José Aldo faz revanche com Frankie Edgar pelo título interino da categoria. O confronto é a chance de garantir o reencontro com McGregor em uma possível disputa de título absoluto da divisão.

Confira as lutas do UFC 200

Miesha Tate x Amanda Nunes

Brock Lesnar x Mark Hunt

Daniel Cormier x Anderson Silva

José Aldo x Frankie Edgar

Cain Velásquez x Travis Browne

Card preliminar

Cat Zingano x Julianna Peña

Johny Hendricks x Kelvin Gastelum

TJ Dillashaw x Raphael Assunção

Sage Northcutt x Enrique Marin

Diego Sanchez x Joe Lauzon

Gegard Mousasi x Thiago Marreta

Jim Miller x Takanori Gomi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos