Saltadora russa é liberada pela IAAF para competir de forma independente

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) anunciou no último sábado que a russa Darya Klishina, do salto em distância, está liberada para disputar competições internacionais como atleta independente, sem bandeira de um país.

O conselho de revisão de doping da entidade aceitou por unanimidade o pedido da saltadora, que ainda precisa de autorização do Comitê Olímpico Internacional (COI) para garantir presença na Olimpíada do Rio, em agosto.

Klishina é a segunda atleta russa a conseguir a liberação para competir "sem bandeira". Na semana passada, a IAAF já havia aceitado a solicitação de Yulia Stepanova, dos 800m.

A entidade irá formalizar a liberação da saltadora e enviará a decisão do caso para os organizadores dos eventos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos