À caça de centroavante, Corinthians avalia 'Gustagol', goleador na Série B

  • Fernando Ribeiro / site oficial do Criciúma

    Gustavo, atacante do Criciúma, tem nove gols e é vice-artilheiro da série B

    Gustavo, atacante do Criciúma, tem nove gols e é vice-artilheiro da série B

Vice-artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro com nove gols marcados, apenas um a menos que o veterano Nenê, do Vasco, o atacante Gustavo, do Criciúma, está sendo observado pelo Corinthians. Em busca de uma nova opção para o setor ofensivo e sem intenção de "fazer loucuras", segundo as palavras do diretor adjunto de futebol do clube, Eduardo Ferreira, o Timão tem analisado dados de desempenho e condições contratuais do jogador, que tem contrato no clube de Santa Catarina até janeiro de 2019.

Dono de 70% dos direitos econômicos do atacante de 22 anos, com multa rescisória estabelecida em R$ 12 milhões, o Criciúma ainda não definiu o percentual que planeja vender e nem os valores da operação, mas descarta qualquer possibilidade de empréstimo e deseja manter uma fatia do jogador apelidado de "Gustagol" para eventuais transferências futuras. Uma reunião entre representantes do jogador e diretoria do clube catarinense deve ocorrer nos próximos dias para que estas resoluções sejam tomadas, e o Timão aguarda.

A contratação de um novo atacante para disputar posição com o titular Luciano e também com André é uma das prioridades do Corinthians para a sequência da temporada, assim como um lateral-direito e um zagueiro. A ideia do clube, porém, é não desembolsar grandes valores para nenhum dos setores, já que o clube realizou investimento próximo de R$ 50 milhões em boa parte de seus 13 reforços contratados no ano: Giovanni Augusto (R$ 15 milhões), Marquinhos Gabriel (R$ 10,5 milhões), Balbuena (R$ 6 milhões), Guilherme (R$ 5,7 milhões), Marlone (R$ 4 milhões), André (R$ 3,7 milhões), Alan Mineiro (R$ 1 milhão), Vilson (R$ 500 mil), Camacho, Bruno Paulo, Douglas e Moisés (sem custos) e Willians (empréstimo).

Além de Eduardo Ferreira e do presidente Roberto de Andrade, o novo gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, também tem tomado à frente na busca do clube por um novo atacante, com auxílio do Cifut (Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians) e comissão técnica. O próprio técnico Cristóvão Borges tem participado das análises, e chegou a dizer que "estamos trabalhando e pesquisando mercado atrás de um jogador que encaixe, porque precisamos aumentar e qualificar o grupo".

Gustavo, o Gustagol, chamou atenção do mercado na Copa São Paulo de Juniores de 2014, quando foi artilheiro pelo Taboão da Serra. Comprado pelo Criciúma por R$ 500 mil, ele chegou a ser emprestado três vezes até passar a ser utilizado com frequência na Série B deste ano, em que já marcou nove gols. Além do Corinthians, outros clubes da elite do futebol nacional já procuraram o Criciúma interessados na contratação.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos