Brock Lesnar fatura bolsa recorde de mais de R$ 8 milhões no UFC 200

Após mais de quatro anos afastado do octógono, o ex-campeão dos pesados do UFC, Brock Lesnar retornou com vitória na decisão sobre Mark Hunt, em luta que aconteceu no último sábado (9), em Las Vegas (EUA).

E o gigante americano foi muito bem recompensado na edição histórica do UFC 200. Lesnar bateu o recorde ao receber a bolsa mais alto já paga na história da organização americana.

Segundo lista divulgada pela Comissão Atlética de Nevada, Lesnar recebeu nada menos que US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 8.2 milhões), batendo o antigo recorde que pertencia a Conor McGregor, que recebeu US$ 1 milhão (cerca de R$ 3.3 milhões) em sua luta do UFC 196, na qual acabou derrotado por Nate Diaz por finalização.

O cachê de Lesnar se trata apenas do valor declarado pelo UFC, sem incluir fatias da venda de pay-per-view ou possíveis bônus pagos pela organização.

Campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier faturou cerca de US$ 500 mil (R$ 1. 6 milhões, para derrotar Anderson Silva, que levou para casa um pouco mais, US$ 600 mil (R$ 1.9 milhões).

José Aldo embolsou US$ 400 mil (R$ 1.3 milhões) pela vitória sobre Frankie Edgar, em luta que lhe rendeu o cinturão interino dos penas do UFC.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos