Dança, tio por perto e novo 'melhor amigo': Mina está em casa no Verdão

Foi em um clássico contra o Santos, em 2010, que o colombiano Pablo Armero criou o famoso "Armeration", como ficou conhecida a dança que ele fez para comemorar um dos gols do Palmeiras e ironizar os passinhos que Neymar e seus companheiros faziam. Às 20h30 desta terça-feira, no Allianz Parque, o também colombiano Yerry Mina deve ter a chance de apresentar o "Mineration" aos palestrinos, contra o mesmo Santos.

Apesar do mistério, os treinos dos últimos dias indicaram que Cuca apostará na velocidade de Mina e Vitor Hugo para neutralizar os atacantes santistas, deixando Edu Dracena na reserva. Será apenas o segundo jogo do gringo pelo clube, mas ele já se sente em casa.

Há dez dias na Academia de Futebol, Mina já fez de Róger Guedes uma espécie de melhor amigo. Eles estão sempre juntos nos treinos, tanto na hora de fazer exercícios em dupla quanto em brincadeiras. No sábado, os dois foram do campo até o vestiário do CT trocando passes pelo alto e tirando sarro.

O "dougie", dança típica que o colombiano aprecia, despertou a curiosidade dos colegas. A música preferida do zagueiro já toca na caixa de som que os atletas levam ao vestiário, ultimamente carregada por Fabrício. Antes de estrear, contra o Sport, na Ilha do Retiro, Mina ensinou os passos a Gabriel Jesus, enquanto os demais olhavam ressabiados. Se balançar as redes, o camisa 26 já avisou que vai dançar.

- Quando você começa a brincar para deixá-lo mais à vontade facilita as coisas, a adaptação do atleta, principalmente sendo de fora do país. Essas são as questões primordiais. É na base da alegria que a gente vai deixar essas jogadores bem à vontade - disse o volante Jean.

A presença constante de Jair Mina, seu tio e empresário, também ajuda o zagueiro a se sentir em casa no Brasil. Jair viajou com o sobrinho para o país, está morando com ele e assiste a quase todos os treinos na Academia.

Nome certo na lista de convocados da seleção colombiana para a Olimpíada, Yerry Mina é uma grande aposta do clube. O nome foi indicado por Cuca, aprovado por Alexandre Mattos e chancelado por Paulo Nobre, que vai tirar do bolso os R$ 12 milhões gastos para comprá-lo. O Barcelona, por contrato, tem prioridade para levá-lo.

CURIOSIDADES SOBRE MINA NO VERDÃO

Não confundam!

Quando indicou a contratação de Mina, o técnico Cuca pediu que a diretoria tomasse cuidado para não trazer o "Mina errado". Arturo Mina, do Independiente del Valle, também é zagueiro e está se destacando na Libertadores.

Pés descalços

Antes da Copa América, Mina veio ao Brasil para acertar detalhes de sua chegada ao Palmeiras e conheceu o Allianz Parque. Antes de pisar no gramado, ele tirou os tênis em sinal de respeito.

Melhores amigos

Em poucos dias, Mina criou uma grande afinidade com o atacante Róger Guedes. Os dois estão sempre juntos na Academia de Futebol, seja para fazer exercícios ou para brincar após os treinos. A diferença de idioma não atrapalha a dupla.

Sempre de olho

Jair Mina, tio e empresário do zagueiro, não desgruda dele. Além de ter viajado com o defensor ao Brasil, ele assiste a quase todos os treinos na Academia de Futebol. No dia da apresentação, sentou-se ao lado do sobrinho durante a coletiva.

Fama de dançarino

Os vídeos de Yerry Mina dançando ao comemorar gols pelo Santa Fe e na concentração da seleção combiana chegaram aos jogadores do Palmeiras. Na primeira concentração do reforço com o grupo, os demais pediram que ele mostrasse os passos do "dougie", dança típica da qual ele é fã. No vestiário, Gabriel Jesus tentou aprender.

Curioso

Entre as perguntas que Mina faz aos companheiros, a principal é sobre a torcida do Palmeiras. Tem ouvido respostas positivas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos