Dividida 'dolorida' e zagueiro fora por um mês: o boletim médico do Timão

Dois dias após vencer a Chapecoense em Santa Catarina e novamente encostar na ponta da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Corinthians se reapresentou na manhã desta terça-feira ao CT Joaquim Grava. A ideia é aproveitar a semana livre de compromissos para aprimorar elementos físicos e técnicos do elenco, e os titulares permaneceram na academia e no Lab R9, que faz manutenção e aprimoramento físico. Já os reservas participaram de um treino técnico em campo reduzido sob olhares atentos do técnico Cristóvão Borges e sua comissão. Disputado em bom ritmo, o trabalho não foi completado por dois jogadores: Guilherme Arana e Lucca.

Os dois reservas do Timão se chocaram feio em determinado momento do treinamento. Em lance ocasional, sem clara intenção, Guilherme Arana acertou uma joelhada na cabeça de Lucca, atingindo a boca do camisa 30. Os dois jogadores começaram a sangrar, no joelho e na boca, respectivamente, e foram sacados da atividade. Eles tomaram pontos nas regiões afetadas, mas com Lucca o procedimento não foi suficiente, e ele foi encaminhado a um hospital próximo do CT Joaquim Grava para ser submetido a uma pequena cirurgia na boca. Não há prazo estabelecido para o retorno aos treinos.

Além do lance de treino, o Corinthians divulgou nesta terça-feira outra atualização de seu boletim médico: o zagueiro Pedro Henrique, substituído ainda no primeiro tempo da partida contra a Chapecoense, no último sábado, foi examinado e teve diagnosticada uma lesão muscular na coxa esquerda. A perspectiva de retorno aos gramados é no prazo de três a quatro semanas, e desta forma Yago e Vilson devem disputar a posição ao lado de Balbuena já a partir do clássico deste domingo, contra o São Paulo.

Nesta terça, aliás, Vilson não apareceu no gramado do CT, ainda em tratamento das dores no tornozelo direito que o tiraram da lista de relacionados na partida contra a Chapecoense, no fim de semana. Em contrapartida, o volante Cristian avançou em seu tratamento de lesão muscular na coxa esquerda e correu no gramado acompanhado do preparador físico Fábio Mahseredjian - o profissional deixará o Corinthians no fim do mês para integrar a comissão técnica de Tite na Seleção Brasileira.

Além de Cristian, outros jogadores deram importantes passos em seus processos de recuperação: Elias, André e Bruno Paulo participaram de um trabalho técnico em campo reduzido junto com os reservas, e estão próximos de ficar à disposição do técnico Cristóvão Borges.

TRABALHO NA ACADEMIA

Para aproveitar sua semana livre e evitar novas lesões, o Corinthians fará trabalhos de manutenção e aprimoramento físico no laboratório R9 nos próximos dias. Nesta terça-feira, o analista biomecânico do Corinthians, Luciano Rosa, e outros profissionais da comissão técnica comandaram trabalhos exigentes com alguns titulares: Luciano, Uendel, Giovanni Augusto, Rodriguinho, Romero e Balbuena participaram da atividade. Os jogadores utilizaram bermudas especiais, com sensores de movimento, e terão dados de desempenho colhidos e monitorados pelo clube.

- É possível saber o comportamento muscular e mensurar a fadiga de cada jogador. Trata-se de um trabalho preventivo, e todos os jogadores passarão por ele durante a semana - explicou Rosa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos