Fred pode ficar fora do Atlético-MG por até 18 jogos

  • Divulgação/Atlético-MG

    Fred marcou um gol no empate do Atlético-MG com o Figueirense

    Fred marcou um gol no empate do Atlético-MG com o Figueirense

A expulsão de Fred no empate de 1 a 1 do Galo com o Figueirense, em partida válida pela 13° rodada, continua gerando problemas ao Atlético-MG. Nesta quarta-feira, o atacante será julgado no STJD e pode pegar uma pena de até 18 partidas.

O camisa 99, que tem quatro gols com a camisa alvinegra neste Campeonato Brasileiro, será enquadrado pelo lance da expulsão após cometer falta em Elicarlos.

Em jogada aérea, ele acertou o braço esquerdo no volante do time catarinense. O juiz interpretou como uma cotovelada e deu cartão vermelho direto. Ele também foi enquadrado por palavras ditas ao árbitro da partida, Rafael Traci.

A súmula da partida afirma que o centroavante se dirigiu a Traci e disse "Você é muito fraco, não aguenta a pressão.

O lance da falta em Elicarlos fará Fred responder ao artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, enquanto a declaração o enquadra no artigo 258.

O lance da falta prevê suspensão de um a 12 jogos, enquanto o ato de indisciplina tem suspensão de um a seis jogos. Assim, se pegar a pena máxima nos dois casos, o atacante pode pegar uma pena de 18 jogos, com um, diante do Flamengo, já cumprido.

Protesto

Após a partida que foi expulso, Fred destacou que não tinha a intenção de agredir ninguém e também afirmou que Elicarlos fez o movimento de falta.

"Não dá para julgar ninguém, mas, se analisarmos as atitudes do árbitro, ele não veio para fazer coisas boas. Não fiz movimento de dar cotovelada em ninguém. Estava brigando pela bola normalmente. O Elicarlos também bateu a mão na minha nuca. Não tive maldade e não merecia a expulsão. Nunca tinha visto esse árbitro apitar no Brasileiro. Num jogo como esse, tem de colocar alguém preparado para apitar", disse,

A partida contra os catarinenses também deixou outra dor de cabeça para os atleticanos. Esta, porém, menos intensa. O clube, que atrasou para retornar ao segundo tempo, será julgado ainda nesta terça-feira pelo STJD e pode receber uma multa máxima de R$ 100 mil

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos